Carnaval

É tempo de festa, é tempo de Carnaval: máscaras, folias, travessuras, bailes de gala, cortejos de rua. Máscaras de políticos ou de animais, divertidas ou sinistras, sagradas ou profanas. Calha sempre numa terça-feira. Há quem leve o ano inteiro a preparar-se. Como o Viegas.   Disse-me há três mese...

Ler mais »

A selva

O dia nasceu com a bicharada nervosa, a trotear, a saltar, a voar para o local onde a assembleia se ia reunir. Viam-se dezenas de belas Raposas, Faisões em grandes correrias, Babuínos de várias espécies, Ursos enormes, ouviam-se os cantos estridentes das Cigarras e Gafanhotos, o cacarejo das Galinha...

Ler mais »

Gatos Gordos

Barack Obama faz hoje o seu primeiro discurso do Estado da União. Com a popularidade abaixo dos 50% ao fim de um ano de mandato, o discurso do presidente americano deve assentar, segundo os especialistas, em três temas candentes: no da legislação de controlo do sector financeiro – como não haverá me...

Ler mais »

Hora de ajudar o Haiti

Uma tragédia caiu sobre o Haiti. Não vou descrever a situação, todos nós a conhecemos, quero apenas lembrar que milhares de pessoas feridas passaram a terceira noite esperando por ajuda e por alimentos.   É fundamental ajudarmos o Haiti. Deixo-vos uma possibilidade, entre muitas outras:   Ajude ...

Ler mais »

O fetiche do dinheiro

Há várias histórias sobre o aparecimento do dinheiro, desconhece-se, contudo, a verdadeira. Uma delas assegura que as primeiras moedas surgiram na Turquia, no século VII a.C., outra defende que foi na antiga Mesopotâmia (actual Iraque), mais ou menos pela mesma altura. Mas há quem faça humor dizendo...

Ler mais »

Berlusconi

Chama-se Massimo Tartaglia o homem que agrediu Sílvio Berlusconi com uma réplica em miniatura da catedral, e que lhe partiu dois dentes e a cana do nariz. Foi uma berlusconada terrível! O “espectáculo”, dentro do espectáculo que é o primeiro-ministro italiano, fez com que o vídeo fosse visto por mil...

Ler mais »

O futuro do planeta

Cerca de 140 Chefes de Estado e de governo estão reunidos em Copenhaga, a discutir a questão das alterações climáticas. A poucas horas das grandes decisões, se é que as vamos ter, a cimeira tem sido marcada pelos nacionalismos extremados da maior parte das nações: a China, país com as maiores emissõ...

Ler mais »

Tetro

Não sou crítico de cinema, mas não posso deixar de escrever meia dúzia de palavras sobre Tetro, o novo filme de Francis Copolla.   Uma história contada a preto e branco com grande pendor autobiográfico da vida de Copolla. Bennie, jovem marinheiro, reencontra Tetro, o irmão mais velho, que decidira...

Ler mais »

Veneno terrível

No país onde vivo ninguém gosta de pagar impostos. Nem governados nem governantes. Somos vítimas, a bem dizer, de um vírus de origem desconhecida, vírus que nos faz odiar tudo o que possa ter a ver com contribuições. É um venenozinho terrível, aparentemente sem cura, que atinge toda a população: emp...

Ler mais »

Não ter tempo

É irreversível, o fim do ano aproxima-se e eu começo a pensar no que fiz, no que deveria ter feito e não fiz, e no que quero fazer no ano que já parece querer bater à porta. Tem sido sempre assim!   Em 2009, à semelhança de anos anteriores, usei muitas vezes a expressão «não vou, não tenho tempo»....

Ler mais »