Peter Camenzind

Peter Camenzind

Herman Hess não teve vocação para teólogo como os pais pretendiam, trabalhou como aprendiz de relojoeiro, primeiro, empregado de uma livraria e mecânico, depois. Em 1904, tinha ele 27 anos, foi editado «Peter Camenzind», a história de um jovem camponês que sonha escrever um grande e belo poema. Todo o livro é na realidade um poema, um poema em que Peter tenta descobrir o seu «eu». Desce da montanha onde vive, cria uma grande amizade por Richard, apaixona-se por Rosi Girtanner, mais tarde por Elizabeth que acaba por casar com outro homem, viaja por vários países, conhece Boppi com quem trava uma forte amizade, regressa a casa para tomar conta do pai. Uma história simples mas maravilhosa.

Voltar