Belos e Malditos (Scott Fitzgerald)

Belos e Malditos (Scott Fitzgerald)

Scott Fitzgerald, que se via a si mesmo como um homem belo e inteligente, teve sempre a tendência de se expôr e exceder. Foi um dos mais brilhantes escritores da época (entre eles figuravam Faulkner, Hemingway e John dos Passos). Casou-se com Zelda e com ela viveu dias loucos, entre festas e bailes, entre álcool e alguns escândalos pelo meio.
Os seus livros são extraordinários, gosto particularmente de «Belos e Malditos» e «O Grande Gatsby». As suas obras estão povoadas de personagens com histórias loucas e trágicas, muito à semelhança do autor. Scott Fitzgerald, nome de ouro da Literatura americana.

Voltar