Loading...

Blog

  • O Titanic a Afundar

    tags:

    Leio nos jornais que a Comissão Europeia exige que o governo português prepare mais medidas de austeridade, para que a descida do deficit em 2011 baixe para 4,6%. Fico a pensar... Primeiro foi o PEC, seguiu-se um gordo pacote de medidas para combate à crise (leia-se para apertar o cinto), perfilam-se agora muitas outras possibilidades com uma finalidade única: a de equilibrar as contas públicas.

    Não fico admirado com o nível de exigências da Comissão Europeia, fico sim admirado com a passividade com que os cidadãos portugueses se comportam. Não fico admirado com as medidas de austeridade de todos os tamanhos e matizes, fico sim admirado com a embriagues em que andávamos e andamos. Não fico admirado com a lucidez da análise crítica que Mário Soares faz do actual estado da União Europeia – onde faz alusão à mediocridade e falta de coragem política dos actuais líderes europeus –, fico sim admirado com as vozes discordantes. Não fico admirado se mais impostos subirem, ficarei sim admirado se houver um corte sério na despesa pública. Não fico admirado se continuar a ouvir falar de negociatas, de sacos azuis, de escândalos, de offshores, de reformas milionárias, ficarei sim admirado se houver quem ponha mão nisto.

    Falta-nos ética e seriedade. Não há como nós, portugueses, a arranjar desculpas, a cantar de cigarra, a fazer pouco e a gastar o que ainda não se ganhou! Continuamos à espera que apareça um Messias!

    Vejo o Titanic a afundar... O país parece estar ingovernável e à espera de ordens de Bruxelas! Será que a sociedade civil vai continuar impávida e serena, como se nada estivesse a acontecer?


Comentar


Comentários

Ainda não existem comentários.

Voltar